Blog Magic Web Design

Acesse o site

É possível aprender a programar sozinho?

É possível aprender a programar sozinho?

Já falamos sobre a importância de saber programar, nem que seja apenas um pouco, porém, se você percebeu que tem feeling pra coisa e quer aprofundar os estudos, saiba que a caminhada é longa, e muitos desistem.

A SkilledUp, empresa de pesquisas na área de educação, declarou ao Mashable que apenas 5% dos alunos que começam a estudar gratuitamente pela internet terminam o processo. Este número sobe para 10% no caso de cursos on-line pagos.

Mesmo que você consiga terminar a sua primeira classe on-line de programação, isso não o tornará um profissional apto a conquistar seu espaço no mercado. Como afirma o gerente de produtos da SkilledUp, Daniel Daks: “Eu ainda não encontrei um aluno que tenha passado de novato para desenvolvedor profissional através de um único curso”.

Adriano Sabbatini Rodrigues

Nossos profissionais concordam. Adriano Sabbatini Rodrigues, programador da Magic Web Design, que trabalha na área há mais de 12 anos, afirma que é preciso muita dedicação e horas de estudo para estar pronto para entrar no mercado. Para ele, estudar através da internet antes de procurar um curso ou uma faculdade é uma boa maneira de descobrir qual a linguagem de programação com a qual você se identifica mais, e se esta é realmente a carreira que procura.

Sabbatini conta que hoje é possível encontrar diversos recursos na internet, mas para começar a trabalhar no setor é necessário saber mais do que o básico:

Não é um curso ou tutorial que o transformará em um profissional, é preciso ter curiosidade, sair da mesmice e procurar novos desafios. Um bom programador deve saber analisar o projeto, se antecipar e corrigir os erros, afirma.

Em contrapartida, o Mashable listou alguns profissionais que tiveram esta dose de curiosidade e conseguiram cumprir o desafio. Entre eles, Chris Sunsong, que se define como autodidata, e conta que foram precisos pelo menos 12 meses de estudo em período integral para que conseguisse uma vaga em uma empresa do setor. Para ele, a disponibilidade e a disciplina de estudar de 8 a 10 horas por dia foram fundamentais para aprender conteúdo suficiente.

Já Joe Fusco dedicou as suas horas livres entre os dois empregos para estudar. Ele conta que trabalhava como segurança, e quando sua esposa engravidou, decidiu se dedicar para conseguir um emprego melhor, e em apenas três meses ingressou no setor. Mas Fusco tinha um diferencial, a graduação quase completa em ciência da computação. Ele afirma que teve pouca experiência prática durante a faculdade, mas que os conhecimentos teóricos o ajudaram muito.

Mas como saber se você está pronto para o mercado?

A recomendação é que os interessados procurem certificações nas linguagens de programação. Para conquistá-las, o profissional deve ter um conhecimento avançado, e conseguir cumprir tarefas básicas da rotina de trabalho que irá encontrar nas empresas.

Outro ponto para o qual chamamos a atenção é que os programadores precisam ficar atentos: as linguagens de programação se aprimoram e o programador deve estar atento para acompanhar estas mudanças.

Leia também: 7 exemplos do que o HTML5 pode fazer

——————————————————————————————-

A Magic Web Design desenvolve, desde 1996, soluções completas para empresas de todo o Brasil nas áreas de internet e multimídia, com web sites, gerenciamento de mídias sociais, sistemas on-line, lojas virtuais (e-commerce), apresentações multimídia e diversos outros serviços.
http://www.magicwebdesign.com.br/

Pin It

Comentários Facebook

Uma resposta para É possível aprender a programar sozinho?

  1. Pingback: Estilo de programar: sua impressão digital na web - Magic Blog - Magic Blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*