Blog Magic Web Design

Acesse o site

Como acompanhar o crescimento da tecnologia mobile

Como acompanhar o crescimento da tecnologia mobile

Os negócios estão voltados para a internet e isso não é novidade, mas algumas empresas ainda não despertaram para essa aproximação junto aos usuários dos dispositivos móveis. Esse foi um dos temas abordados por Antonio Borba, Diretor Executivo da Magic Web Design e da Rede Magic, durante entrevista à rádio CBN.

Clique para acompanhar a entrevista completa:

O número de usuários de smartphones e tablets aumentou. De acordo com pesquisa realizada pela Flurry – empresa que analisa o mercado móvel –, esse número passou de 100% para 200% em um período de um ano (de abril de 2012 a abril de 2013). Borba explica que o mercado cresceu muito rápido, mas não está sendo acompanhado pelas empresas que estão nesse meio. “É preciso se preparar, pois até 2017 é possível que haja 10 bilhões de dispositivos conectados”, lembra.

Ele recomenda ser fundamental que as empresas adotem estratégias, sejam práticas, tenham objetividade na web, exijam menos cliques dos internautas para levar ao produto buscado e facilitem a conclusão da compra. “Excluir as burocracias para deixar o usuário mais à vontade”, explica.

De acordo com a E.Life, empresa de monitoramento de consumo de mídias digitais, o acesso à internet via celular é a segunda principal fonte de tráfego para 53,9% dos brasileiros, e esse mesmo acesso é quase tão frequente quanto pelo desktop e o notebook. Acompanhe comparativos retirados do relatório Hábitos e Comportamentos dos Usuários de Redes Sociais no Brasil:

Como acompanhar o crescimento do mobile

Como acompanhar o crescimento do mobile

Dados do estudo Hábitos e Comportamentos dos Usuários de Redes Sociais no Brasil – 2013

Para brasileiros, assistir TV e ouvir rádio são atividades paralelas realizadas simultaneamente à conexão com smartphones ou tablets, mostrando que a prática de utilizar diversos gadgets ao mesmo tempo está crescendo.

  • Segurança

Para atrair mais usuários é preciso que a empresa de comércio on-line considere a segurança de quem está comprando, principalmente através de smartphones. Cadastrar os meios de pagamento mais seguros do mercado, criar estratégias menos burocráticas e mais seguras e quem sabe na finalização da compra dar ao usuário a possibilidade de digitar caracteres enviados para o celular a cada transação, ao invés de exigir a exposição de dados pessoais.

Borba conta que a plataforma móvel chega a ser mais segura que o desktop, já que é mais fácil um notebook ser infectado com vírus que um celular. “Talvez o maior problema seja você perder seu aparelho. Então, antes de isso acontecer é importante que o usuário coloque algum sistema de rastreamento, bloqueio de dados, backup de informações, enfim, programe o aparelho para ser mais seguro”, acrescenta.

  • Praticidade

Para as empresas é interessante manter essa interação com os usuários de aparelhos móveis porque esse tipo de tecnologia permite conhecer ainda mais o público. A partir das estatísticas é possível saber aonde o cliente vai, o que compra, quanto gasta, etc. “É legal essa interação, mas as empresas devem estar atentas, pois os usuários vão à loja física, verificam o que querem comprar e dentro do próprio local já usam o smartphone para fazer uma pesquisa”, alerta Borba.

  • Cuidados!

Uma pesquisa feita nos Estados Unidos afirmou que 56% dos usuários de smartphone pesquisam preço usando o aparelho. Borba lembra que é preciso que as empresas brasileiras acordem para esse mercado, já que o físico está disputando com o on-line, decisão que agora está, literalmente, nas mãos de quem compra. Para ele, as lojas virtuais não devem justificar um custo maior na web pelo preço na loja física, pois do contrário serão apenas uma vitrine, coisa que o usuário não aceita muito bem.

  • Afinal, como as empresas devem estar no PC, no tablet e no smartphone?

Quando as pessoas navegam nos dispositivos móveis, geralmente buscam uma empresa ou opiniões de outros consumidores no Facebook e em sites similares, então, de acordo com Borba, é ideal que a companhia esteja presente nas mídias sociais. Quando o website é visualizado no desktop, deve estar o mais completo e atualizado possível, “já no tablet, deve ter uma leve adaptação de formato de tela, uma ergonomia mais agradável e fácil. Agora quando você fala em vender pelo smartphone aí sim seu site deve estar em um design fácil, prático e com conteúdo adequado, gerando um design responsivo”, compara o especialista.

  • Taxa de conversão

A taxa de conversão de compras em tablets mostrou-se ainda superior à dos computadores nos Estados Unidos, revelando que o consumidor já se sente confortável em comprar pelo dispositivo. Em contrapartida, as taxas de conversão nos smartphones são apenas um terço das mostradas nos computadores, indicando que os aparelhos são utilizados mais como ferramenta de pesquisa que efetivamente de compra.

Como acompanhar o crescimento do mobile

Dados e tendências do comércio segundo pesquisa realizada pelo IBOPE

Uma possível análise da loja virtual pode ser um grande passo para investir em tecnologia mobile. Você compraria um produto de sua própria loja via smartphone? Você acha sua loja virtual prática, segura e simples? Acha que ela realmente gera aproximação, interatividade e venda para o público que adora tablets e smartphones? Questões como essas podem fazer toda a diferença na experiência de compra do consumidor.

Veja também: Tecnologia web e suas plataformas.

 ——————————————————————————————-

A Magic Web Design desenvolve, desde 1996, soluções completas para empresas de todo o Brasil nas áreas de internet e multimídia, com web sites, gerenciamento de redes sociais, sistemas on-line, lojas virtuais (e-commerce), apresentações multimídia e diversos outros serviços.
http://www.magicwebdesign.com.br/

Pin It

Comentários Facebook

3 Respostas para Como acompanhar o crescimento da tecnologia mobile

  1. Pingback: Compras pelo celular ou tablet serão a nova realidade brasileira | Magic Blog

  2. Pingback: Anúncios móveis tomando conta do mercado | Magic Blog

  3. Pingback: Geração Alpha: conectados com a tecnologia desde o berço - Magic Blog | Magic Blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*