Blog Magic Web Design

Acesse o site

Erros comuns do marketing digital

Erros comuns do marketing digital

De acordo com a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística no início de abril, 95,4 milhões de brasileiros têm acesso à internet. Assim, se a sua empresa está fora do ambiente on-line, ou comete erros no planejamento de marketing digital – como os que listamos abaixo –, certamente está em desvantagem no mercado, com risco de perder clientes e vendas.

Site desatualizado

Um site pode ser encarado como a vitrine de uma empresa, além de uma poderosa ferramenta de marketing. Atualmente, não basta apenas ter uma página, é preciso atualizá-la frequentemente, e não somente para melhorar a indexação e o ranqueamento, mas também para demonstrar que a organização acompanha as tendências. De tempos em tempos é interessante pensar na renovação do layout, bem como dos textos e informações. Incremente o conteúdo com conquistas recentes da empresa, projetos de que participou e até mesmo a evolução do setor em que está inserida.

Quais são os erros comuns do marketing digital

No momento de atualizar o site, o acesso mobile não deve ser negligenciado, uma vez que, ainda de acordo com a Pnad, a cada cinco casas, quatro usam o celular para se conectar. No Nordeste, este índice sobe para 92,5% dos domicílios.

Falta de preocupação com SEO

O segundo erro também é referente aos sites, não basta apenas atualizar o visual e deixar de lado o Search Engine Optimization (SEO), responsável por otimizar a página e seu alcance e garantir tráfego segmentado através das pesquisas orgânicas, essenciais para o sucesso da empresa. Segundo um estudo do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com o portal de educação financeira Meu Bolso Feliz, nove em cada dez consumidores brasileiros com acesso à internet fazem pesquisas on-line antes de realizar compras em lojas físicas. Já a 8ª edição do Raio-X do E-commerce aponta que, em muitos casos, até 50% do faturamento com as vendas pela internet pode ter origem na busca orgânica.

Ainda de acordo com a publicação, no momento da pesquisa, 48,3% seguiram até a terceira página, 33,65% até a segunda e 18,05% permaneceram na primeira página apresentada. Para Paulo Kendzerski, diretor presidente da WBI Brasil, responsável pelo estudo, “Ao contrário do que possa parecer, esta informação demonstra a necessidade de desenvolver uma boa estratégia de SEO para garantir as melhores posições além da primeira página”.

Redes sociais esquecidas

A consultoria Comscore, por meio da pesquisa “Futuro Digital em Foco 2015”, afirmou que os brasileiros lideram o tempo gasto nas redes sociais, com uma média 60% maior do que o resto do planeta. Interessadas em aumentar a presença no meio digital, muitas empresas criam perfis no Facebook, Instagram e Snapchat, entre outras mídias sociais, mas se esquecem que estes são ambientes dinâmicos e de interação, e acabam por deixá-los desatualizados. Com isso, perdem a chance de se comunicar e criar vínculos com clientes atuais e potenciais. Especialistas afirmam que a geração de conteúdo deve ser diária, sendo que a quantidade de posts varia de acordo com cada rede social.

Comportamento inadequado

Um estudo da Edelman, realizado em 12 países com 15 mil pessoas, mostrou que 87% delas buscam interações significativas com as marcas, mas apenas 17% acreditam que elas fazem isso corretamente. O sócio e diretor-executivo da Magic Web Design, Antonio Borba, afirma que atualmente, por conta da polarização das pessoas, o maior erro cometido pelas marcas é debater assuntos polêmicos nas redes sociais. Ainda de acordo com ele, discutir com consumidores é outra atitude extremamente condenável.

Empresas também cometem erros no marketing digital

Quando um cliente enfrenta um problema relacionado a algum produto ou serviço, é comum que entre em contato com a empresa por meio das mídias sociais devido à praticidade e rapidez ou porque os outros canais não funcionam como esperado. Diante de uma reclamação, o ideal é agradecer o feedback, ficar à disposição para resolver a situação ou simplesmente se desculpar pelo ocorrido. Destratar o consumidor ou o expor é a pior estratégia possível, pois pode desencadear uma grande crise e incitar o boicote à marca.

Com quem estou me comunicando?

Antonio Borba afirma também que ouvir a audiência e entender o que ela espera da marca é uma estratégia fundamental para um planejamento de longo prazo. Atualmente, a comunicação massificada não funciona mais, e para se relacionar de maneira eficaz com o público, se faz necessário conhecer seus gostos, hábitos, preferências e a percepção que ele tem da marca. Só assim é possível gerar conteúdo personalizado, relevante e útil para quem consome seus produtos ou serviços.

Quer evitar os erros descritos acima? Dê preferência em contratar agências especializadas, como a Magic Web Design, que possui uma equipe completa e qualificada em áreas como produção web, planejamento estratégico, branding, marketing digital e comunicação integrada.

Veja também: Políticos norte-americanos investem em mídias sociais de nicho

——————————————————————————————-

A Magic Web Design desenvolve, desde 1996, soluções completas para empresas de todo o Brasil nas áreas de internet e multimídia, com web sites, gerenciamento de mídias sociais, sistemas on-line, lojas virtuais (e-commerce), apresentações multimídia e diversos outros serviços.
http://www.magicwebdesign.com.br/

Pin It

Comentários Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*