Blog Magic Web Design

Acesse o site

A revolução das selfies?

A revolução das selfies?

2014 foi o ano das selfies, o hábito de esticar o braço para tirar fotos de si mesmo em paisagens ou com amigos dominou as redes sociais e virou uma verdadeira febre. E o que está na moda, tende a trazer novas tendências, o acessório da vez é o famigerado bastão ou “pau de selfie”.

O aparato nada mais é do que uma haste com uma espécie de presilha que segura a câmera ou o smartphone em uma das pontas, fazendo com que o aparelho fique mais distante do usuário e consiga um ângulo melhor para a fotografia. Com função Bluetooth, é possível ativar a câmera através dos botões que ficam na outra ponta, ou programar o temporizador do aparelho.

De acordo com a Exame.com, apenas uma empresa tem autorização para vender o produto no Brasil, a Kaiser Baas, que homologou em dezembro o item junto à Agência Nacional de Telecomunicações – Anatel. Compatível com smartphones com iOS e Android, o Selfie Stick da empresa é feito de aço inoxidável, possui 24 cm de comprimento fechado e 95 cm estendido, e está à venda por R$ 250. Porém, nas praias do Rio de Janeiro é possível adquirir um modelo mais simples por apenas R$ 80, como mostra a Folha de S. Paulo.

Belfie Stick

Já há quem esteja pegando carona no sucesso. Na semana passada, conhecemos o Belfie Stick, um produto similar ao pau de selfie, mas com o objetivo de facilitar as fotos que são tiradas do bumbum. Será que a moda pega?

Polêmica

Nem tudo é alegria para os inventores ou usuários do aparelho. Em alguns aeroportos é proibido embarcar com o acessório, sendo necessário despachá-lo junto com a mala. Segundo o jornal O Globo, no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, algumas companhias aéreas estão barrando o item, pois o consideram um objeto que pode representar perigo aos demais passageiros. No Galeão, em Guarulhos, Heathrow, em Londres, e Charles de Gaulle, em Paris, o embarque é permitido.

Tumblr “Pau de selfie sem o pau”

Já na internet as piadas com o produto são cada vez mais recorrentes. Caiu no gosto dos internautas o Tumblr “Pau de selfie sem o pau”, em que os produtores editam a imagem cuidadosamente e retiram o cabo com a ajuda do Photoshop, o resultado são imagens nonsense, que conseguem arrancar muitas gargalhadas. No Facebook, o site também faz sucesso, e até o fechamento desta matéria já contava com mais de 4 mil fãs.

Há também aqueles que não se empolgaram tanto com a ideia. Em reportagem do Fantástico, veiculada neste domingo, alguns banhistas do Rio de Janeiro afirmaram que não são a favor do acessório. “Eu acho que perde a naturalidade, as pessoas hoje em dia estão se preocupando muito mais em documentar uma coisa, que é um sentimento que muitas vezes elas nem estão vivendo”, disse uma das entrevistadas.

Dronie

Enquanto o pau de selfie domina as terras tupiniquins, lá fora os pesquisadores já estão buscando financiamento para o desenvolvimento de pequenos drones que poderão tirar fotos e fazer vídeos de forma rápida e com alta qualidade.

Um exemplo é o Zano, um aparelho que cabe na palma da mão e é controlado através de um smartphone. Com ele o usuário consegue determinar a distância e o momento em que a foto será tirada. De acordo com o site TechTudo, os desenvolvedores estão buscando financiamento através do site Kickstarter, e faltando cerca de 30 dias para o fim do prazo já haviam arrecadado três vezes o valor necessário.

O produto também foi um dos destaques da CES 2015, realizada na última semana em Las Vegas, nos Estados Unidos. De acordo com o portal G1, a feira reuniu 3,6 mil empresas de 140 países.

Outra iniciativa inovadora é o Nixie, um wearable drone. O aparelho funciona como uma pulseira, que alça voo a partir de um comando e se posiciona para tirar ou fazer o vídeo a uma distância pré-programada. Apesar de a ideia estar ainda em desenvolvimento, o projeto é um dos finalistas da competição Make It Wearable Challenge, promovida pela Intel. Se ganhar, o grupo contará com a ajuda da empresa para desenvolver e lançar o produto, além de receber um aporte financeiro.

Improviso

Aqueles que não conseguiram o seu tão sonhado “pau de selfie” (quem dirá um drone) para chamar de seu, estão apostando no famoso jeitinho brasileiro.

Vale quase tudo para conseguir o ângulo ideal, cabo da enxada, da vassoura, um pedaço de madeira e até o que sobrou do coqueiro. Veja mais na nossa galeria:

Algum destes acessórios te conquistou?

Leia também: Amazon aposta em mini-drones para agilizar entregas

——————————————————————————————-

A Magic Web Design desenvolve, desde 1996, soluções completas para empresas de todo o Brasil nas áreas de internet e multimídia, com web sites, gerenciamento de mídias sociais, sistemas on-line, lojas virtuais (e-commerce), apresentações multimídia e diversos outros serviços.
http://www.magicwebdesign.com.br/

Pin It

Comentários Facebook

Uma resposta para A revolução das selfies?

  1. Pingback: 1º de abril: relembre as mentiras mais bizarras de 2015 - Magic Blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*