Blog Magic Web Design

Acesse o site

Posts da Categoria: Mídias Sociais

Aplicativos de mensagens são mais atrativos que o Facebook

Durante a apresentação de resultados trimestrais do Facebook, no fim de outubro, nos Estados Unidos, o diretor financeiro da empresa apresentou um relatório onde aponta que a rede social teve um declínio de usuários diários, principalmente entre os adolescentes. Executivos do Facebook começam a demonstrar preocupação sobre o assunto e estão criando novas maneiras de reaproximar os usuários. Aqui no Brasil, os adolescentes, com idade de 13 a 17 anos, representam 14% dos 86 milhões de membros e são considerados a segunda maior população na rede, entretanto, parece que a tendência – de preferir os aplicativos – está se consagrando também. O que os apps têm? Há pouco tempo você via pessoas concentradas em seus celulares por que estavam conectadas ao Facebook, postando fotos, vídeos, as atividades do dia a dia, etc. Hoje a realidade mudou um pouco: os usuários, principalmente os adolescentes, estão conectados em aplicativos como Whatsapp,  Snapchat,  Instagram  e  Twitter . Além dessa facilidade, o ponto principal dessa migração dos jovens é a privacidade, a fim de ter mais liberdade, eles estão preferindo algo menos invasivo, talvez seja esse o motivo de os apps estarem dominando. Para fugir dos adultos, eles querem manter seus comportamentos mais escondidos. … Ler mais

Pin It

Snapchat: do sexting ao marketing

Selecione uma foto ou um vídeo, adicione texto ou faça um desenho e envie para a sua lista de contatos. A diferença para qualquer outro aplicativo é que a imagem poderá ser vista apenas uma vez, por até 10 segundos, autodestruindo-se em seguida. Essa é a proposta do Snapchat, app mobile com 5 milhões de usuários ativos que recentemente recusou a modesta oferta de compra de US$ 3 bilhões por parte do Facebook (cerca de três vezes maior ao valor pago pelo Instagram em 2012). A intenção da dupla de universitários que criou o app era tornar os conhecidos emoticons mais personalizáveis, dando chance às pessoas de mostrarem suas expressões, a fim de que as caretas não caíssem na rede em forma de meme ou piada. Portanto, foi implementada a função de “autodestruição”, impedindo que o material compartilhado fosse salvo nos smartphones, podendo ser visualizado por apenas alguns segundos – sim, você já está pensando em sexting, a prática de enviar fotos em poses sensuais para parceiros!

Pin It

Palestras da ABRADI dão receitas para ter sucesso em mídias sociais

No último dia 13/11, a Associação Brasileira das Agências Digitais (ABRADi – PR) realizou o evento “Quer sua empresa nas mídias sociais?”, na Associação Comercial do Paraná (ACP). Em uma noite os convidados puderem conhecer, de forma aprofundada, o que realmente é o meio digital e como ele pode agregar nas empresas. Confira a seguir os temas discorridos sobre cada palestra: E essa tal conectividade? O diretor-presidente da House Cricket, Fabiano Cruz – que também é especialista em comunicação digital – começou a noite de palestras com um tema bastante curioso e importante para quem pensa em investir nessa revolução digital: “Qual é a maneira correta de se comunicar nas mídias sociais?”. Será que basta apenas ter uma página no Facebook e ficar postando coisas aleatórias? Além disso, Fabiano alertou que na web não existe essa história de um horário nobre específico, como TV e rádio, pois o nobre mesmo é o agora, é o atendimento 24 horas, por 7 dias da semana, durante o ano inteiro. “Os consumidores estão esperando essa interação rápida. Quem está na internet quer envolvimento full time e isso sim é ser nobre”, acrescentou.

Pin It

Vapza aumenta venda no varejo através de mídias sociais

Um bom exemplo de que as mídias sociais trazem resultados positivos para as empresas e geram reconhecimento entre os consumidores é o engajamento obtido pelos canais da Vapza, cliente da Magic Web Design. A empresa pioneira na produção de alimentos embalados a vácuo e cozidos a vapor está há 16 anos no mercado e desde 2011 tem investido fortemente no relacionamento com clientes por meio das mídias sociais.

Pin It

YouTube ultrapassa Facebook e Twitter entre jovens

Apenas alguns dias atrás, comentamos que a preferência dos adolescentes norte-americanos em relação às mídias sociais havia mudado bastante – a maioria havia passado a preferir o Twitter ao Facebook. A explicação era simples: com a massificação do site de Zuckerberg, muitos pais passaram a criar perfis na mídia, o que fez que os jovens se sentissem espionados e passassem a migrar para o microblog, site no qual os pais estão bem pouco presentes.

Pin It