Blog Magic Web Design

Acesse o site

Retrospectiva Magic: o que aprendemos com o marketing digital em 2017?

Retrospectiva Magic: o que aprendemos com o marketing digital em 2017?

A característica principal do marketing digital é a transformação, afinal, essa é a vertente do marketing que mais passa por mudanças em um curto período de tempo.

Regularmente, aparecem novas ferramentas estratégicas, muda-se o algoritmo das mídias sociais e buscadores e novas funcionalidades são criadas.

Para relembrar o que marcou este ano, fizemos uma retrospectiva do marketing digital em 2017, trazendo os aspectos da comunicação online que se destacaram.

1. O poder do marketing de conteúdo

No início do ano, diversas pesquisas e artigos apontavam para a importância do marketing de conteúdo nas estratégias digitais.

A criação de um conteúdo exclusivo e relevante é capaz de tornar a sua empresa uma referência no ramo em que atua, atraindo novos usuários e fidelizando clientes antigos.

A Magic Web Design possui uma parceria de sucesso com a Ademilar Consórcio de Investimento Imobiliário, sendo responsável há vários anos pelo gerenciamento das mídias sociais e blog corporativo de uma das maiores administradoras de consórcio do Brasil.

Retrospectiva Magic: o que aprendemos com o marketing digital em 2017?

Hoje, o blog é a principal ferramenta de relacionamento com os usuários, fornecendo informações relevantes sobre investimento em consórcio de imóveis, dicas financeiras e informações para facilitar o dia a dia, como pequenos reparos na casa e inspiração de decorações residenciais. A variedade de assuntos faz com que o site esteja bem ranqueado no Google. Nos últimos cinco meses deste ano, 82% dos acessos tiveram origem orgânica no buscador.

2. O crescimento do Inbound Marketing

Com promessa de crescimento em 2018, o Inbound Marketing possibilita o monitoramento da trajetória do cliente, a compreensão dos seus interesses e a propensão à compra.

Isso é possível por meio de uma plataforma exclusiva. Todo o contato feito pelo usuário nos meios digitais, especialmente em sites, é monitorado.

Em uma estratégia elaborada para construtoras ou imobiliárias, por exemplo, consegue-se saber em quais imóveis o cliente está mais interessado, quanto ele está disposto a pagar e se busca diferenciais, como piscina e espaço de lazer para crianças.

No site da Construtora Laguna e nas campanhas de Facebook Ads, todos os formulários de contato são integrados à uma ferramenta que grava as informações destes leads, possibilitando conhecer o perfil dos usuários e suas rotinas de navegação, além de impactá-los semanalmente com conteúdos criados exclusivamente para o ciclo de Inbound.

Retrospectiva Magic: o que aprendemos com o marketing digital em 2017?

Os contatos registrados recebem também uma pontuação baseada na quantidade de interação que ele realiza com o site e blog da empresa. Desta forma, a equipe comercial – que está integrada à ferramenta – sabe quais consumidores estão mais próximos da compra de um novo imóvel e devem receber um atendimento ainda mais personalizado.

3. Influenciadores digitais

Muitas empresas procuraram realizar parcerias com criadores de conteúdo, capazes de incentivar usuários através de seus perfis na internet.

As marcas que optaram por fazer divulgação com influenciadores digitais puderam perceber o enorme alcance desta estratégia.

A Tempur Sealy, cliente Magic e maior fabricante de colchões do mundo, apostou em estratégias diferenciadas para intensificar suas vendas. O foco foi na divulgação dos produtos TEMPUR®, marca conhecida por desenvolver os verdadeiros colchões e travesseiros da NASA.

Neste ano, foram duas ações especiais: uma com a atriz Giovanna Antonelli e outra com influenciadores de pequeno porte. Os parceiros divulgaram postagens em seus perfis no Instagram utilizando os produtos da marca.

Retrospectiva Magic: o que aprendemos com o marketing digital em 2017?

4. Variedade de formatos na comunicação, principalmente publicidade digital

Os vídeos também foram muito citados no começo do ano como estratégia assertiva de marketing digital para 2017.

No site Brandwatch, dados de abril revelam que a publicação de vídeos no Facebook atingiu 12,05% da audiência total da página, estando à frente das fotos (11,63%), links (7,81%) e atualizações de status (4,56%).

O formato de campanha canvas é outra novidade que tem dado certo. A experiência é exclusiva para mobile, a empresa pode divulgar os seus anúncios em tela cheia e interagir mais com o público-alvo para anunciar o seu produto ou serviço.

Na realidade, a publicidade online como um todo é essencial, e o advertising se faz cada vez mais necessário.

Os anúncios da Construtora Laguna fazem parte da estratégia de Marketing Digital adotada para a empresa e que gera muitos leads qualificados, o que comprova o trabalho eficiente da Magic em Facebook Ads e Google AdWords.

Retrospectiva Magic: o que aprendemos com o marketing digital em 2017? 5. A importância de um bom título de SEO

O SEO é central para conquistar boas posições no Google, e o primeiro passo para produzir conteúdo com técnicas de otimização é pensar na estrutura do seu título.

Ele é um dos responsáveis por atrair o público e incentivar que o usuário leia e compartilhe a publicação. Porém, deve-se evitar o clickbait, ou seja, chamadas com títulos tendenciosos e cujo conteúdo não corresponde ao prometido.

O site BuzzSumo publicou um estudo com 100 milhões de títulos diferentes em canais digitais como Facebook, Twitter e LinkedIn, elaborando um ranking com os termos que mais chamam a atenção do público. Acompanhe os dados obtidos para o Facebook:

Retrospectiva Magic: o que aprendemos com o marketing digital em 2017?

O que esperar do marketing digital em 2018?

Ciclo de vida do cliente” e “chatbots” são os termos mais encontrados quando buscamos as principais tendências para o marketing digital em 2018.

Ou seja, já se mostra importante pensar em estratégias que envolvam um melhor relacionamento com o público-alvo e a maneira de utilizar robôs que interajam com os usuários da página.

A Magic pode ajudar você com ambas as estratégias.

Qual é a sua opinião sobre o desenvolvimento do Marketing Digital em 2018? Você tem algum palpite sobre o que nos espera no ano que vem? Conte para nós através dos comentários.

Veja também: Fan page ou perfil: qual a escolha certa par a sua empresa?

Pin It

Comentários Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*