Blog Magic Web Design

Acesse o site

Marketing político nas redes sociais

eleições-internet

O período eleitoral de 2012 está chegando e as equipes de marketing político já estão preparando as estratégias de comunicação dos candidatos, tanto nos meio tradicionais, como também na web.

Depois do caminho aberto por Obama, nas eleições de 2008 quando o atual presidente dos Estados Unidos foi fenômeno de populariade nas redes sociais, os políticos viram na internet uma forma de não apenas divulgar seu rosto e seu número, mas também de superar as expectativas dos cidadãos e estabelecer um diálogo, conseguindo mais votos.

Veja os números da campanha de Obama nas redes socais

Ter um site com visual e conteúdo interessante é quase um item obrigatório para candidatos que querem estabelecer a presença na rede. Mas para se tornar relevante é preciso buscar os eleitores onde eles estão, e não esperar ser encontrado. E é aí que entra a importância das redes sociais para as campanhas.

Apesar de não existir uma regulamentação específica sobre a propaganda política nas redes sociais, devido à liberdade de expressão, é preciso ter muito cuidado com a gestão dos perfis e páginas. O Twitter e o Facebook são ferramentas bastante utilizadas em campanhas desde 2010, mas podem ser a ruína de um candidato caso seja divulgado algum conteúdo inadequado ou de dupla interpretação.

Neste ano, a propaganda eleitoral na internet está permitida desde o dia 6 de julho e tem regras próprias a serem cumpridas pelos candidatos. Todos os endereços eletrônicos de candidatos, coligações e partidos devem ser informados à Justiça Eleitoral e é proibida a veiculação de qualquer tipo de propaganda eleitoral paga ou em sites governamentais ou de pessoas jurídicas.

Os políticos e seus assessores de campanha também devem ter em mente que os eleitores têm muito mais fontes de onde tirar a informação sobre os candidatos atualmente. Muitos órgãos inclusive fazem o trabalho de divulgar nas redes sociais aqueles que têm a ficha suja ou se envolveram em algum escândalo. Por isso, o melhor caminho é a transparência e a honestidade nas propostas.

O Diretor-Executivo da Magic, Antonio Borba, falou sobre eleições, redes sociais e a campanha de Barack Obama em um programa da TV Educativa, em 2010, assista ao trecho:

 

Veja também: Marketing nas mídias sociais: quantidade ou qualidade?

Pin It

Comentários Facebook

5 Respostas para Marketing político nas redes sociais

  1. Pingback: Olimpíadas nas redes sociais - Magic BlogMagic Blog

  2. Pingback: Eleições em Curitiba e a influência das redes sociais - Magic BlogMagic Blog

  3. Pingback: Apoio a causas sociais valorizam atuação das empresas - Magic Blog | Magic Blog

  4. Pingback: Governo Federal pode ser impedido de editar artigos da Wikipédia - Magic Blog

  5. Pingback: Antonio Borba fala sobre notícias falsas nas redes sociais - Magic Blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*