Blog Magic Web Design

Acesse o site

Manifestações brasileiras ganham força com a internet

manifestacoes-brasileiras-forca-internet

A onda de protestos que começou em São Paulo ganhou grandes proporções e uniu mais de 250 mil brasileiros que saíram às ruas nesta segunda-feira (17) para protestar contra o aumento das tarifas de transporte, corrupção, a violência urbana, os custos da Copa do Mundo, a precariedade do serviço público, má gerência dos recursos, entre outras falhas no sistema público.

As manifestações aconteceram em 12 capitais, em cidades do interior e até mesmo em outros países, resultando em cerca de 60 eventos criados no Facebook para organização dos protestos e definição do local de encontro para os manifestos que aconteceram e os que ainda vão acontecer.

mapa-manifestos

Nos últimos dias, e principalmente na segunda-feira, os protestos no Brasil foram praticamente o único tema citado nos jornais e em todos os veículos de comunicação, além das redes sociais como Twitter, Facebook, Instagram e até mesmo YouTube. Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, as redes sociais contabilizaram cerca de 80 milhões de internautas falando sobre o assunto no País.

No Facebook, os termos mais utilizados desde quinta-feira (13), dia da principal manifestação marcada pela violência policial, foram “Protesto“, “O gigante acordou“, “Vem pra rua” e “Acorda, Brasil“.

Entre os eventos criados na rede social para a organização dos protestos, os principais foram o de São Paulo e o do Rio de Janeiro, que registraram 270 mil e 70 mil participantes que confirmaram presença pela rede social, respectivamente.

Monitorando o Twitter, as principais hashtags utilizadas foram #vemprarua e #ogiganteacordou. Juntas, as tags somaram o total de 30 mil menções no período de 24 horas.

twitter-hashtag-manifestos

Outros pontos marcaram esse dia de manifestações, como a invasão do perfil do Twitter da Revista Veja, do Instagram da presidente Dilma e do Twitter do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, hackeados por grupos organizados como o @AnonymouBrasil.

revista-veja-invasão

Nos últimos dias, também aumentou o número de pesquisas no Google com as palavras “manifestação”, “protesto”, “vem pra rua” e “Dilma Rousseff”, visível em gráficos do Google Trends do dia 16 de maio ao dia 16 de junho. O pico de buscas foi muito maior nos últimos dias.

grafico-palavras-chave

Diferentemente das manifestações dos caras-pintadas em 1992, contra o então presidente da República Fernando Collor, os novos protestos contam com a ajuda da internet para que a luta ganhe maiores proporções e rapidez no apoio da população e até mesmo repercussão internacional. Até que ponto você acha que a internet e as redes sociais podem ajudar a mudar o cenário atual do País?

Veja também: Brasileiros são os que mais usam internet na América Latina.

——————————————————————————————-

A Magic Web Design desenvolve, desde 1996, soluções completas para empresas de todo o Brasil nas áreas de internet e multimídia, com web sites, gerenciamento de redes sociais, sistemas on-line, lojas virtuais (e-commerce), apresentações multimídia e diversos outros serviços.
http://www.magicwebdesign.com.br/

Pin It

Comentários Facebook

2 Respostas para Manifestações brasileiras ganham força com a internet

  1. Pingback: Governo Federal pode ser impedido de editar artigos da Wikipédia - Magic Blog

  2. Álvaro disse:

    Lugar de petista é em Cuba e não no Brasil,o Brasil é dos brasileiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*