Blog Magic Web Design

Acesse o site

Ganhe dinheiro com os vídeos virais

video-viral-antonio-borba-magic-web-design

Quem nunca passou horas na frente do computador passeando por diversos canais para ver os vídeos mais populares da semana, os mais engraçados ou aqueles virais? Se um destes vídeos, entretanto, fosse de sua autoria, você saberia como monitorar as visualizações, garantir seus direitos autorais ou até fazer dinheiro com o sucesso?

Talvez você nunca tenha pensado nesta possibilidade, mas o YouTube possui um método para ajudar os autores e impedir o plágio. A empresa desenvolveu uma ferramenta chamada ContentID, que analisa as produções disponíveis no canal e faz centenas de comparações, identificando o uso de trechos de vídeos ou músicas registradas e comunicar seus autores.

Além das grandes empresas, como gravadoras e emissoras de televisão, qualquer produtor de conteúdo pode proteger suas obras, basta cadastrar sua produção original no portal do YouTube e garantir a proteção dos direitos autorais. No momento da inscrição, o criador deve conseguir provar que detém os direitos autorais exclusivos do material.

Toda vez que um vídeo é identificado, a mídia envia uma notificação para o proprietário, que pode optar por apenas monitorar a produção, tirar do ar ou monetizá-la – através de propaganda. Segundo a Época Negócios, foi deste modo que a Sony conseguiu emplacar a música “Forever”, de Chris Brown. A canção foi usada em um vídeo de um casamento em Minnesota – onde os padrinhos entravam dançando na igreja –, a gravadora aproveitou o sucesso e passou a veicular anúncios que permitiam a compra on-line da música através do iTunes e da Amazon. Apenas nesta ação, a Sony arrecadou mais de 64 mil dólares através de mais de 50 mil downloads da canção. Atualmente o vídeo conta com mais de 84 milhões de visualizações, que continuam gerando lucro para a gravadora.

O mesmo aconteceu com a canção Harlem Shake, uma verdadeira explosão viral que rendeu milhares de compartilhamentos. De acordo com a revista Exame, a gravadora Mad Decente identificou o potencial lucrativo e terceirizou o serviço para a empresa INDMUSIC, que controlou a monetização dos vídeos junto ao YouTube, assim como a veiculação nas mídias tradicionais, como programas de televisão. A empresa é especializada em preservar e monetizar vídeos de música na internet, oferecendo otimização do material, distribuição em diversos canais relacionados, análise dos resultados e venda do produto para outras mídias.

Mas a gigante deste mercado ainda é a Jukin Media. A empresa atua em diversas áreas e hoje possui um banco de vídeos tão amplo que é contratada de diversos programas da televisão norte-americana para fazer a curadoria de conteúdo de seus programas. Ela também foi a escolhida pelo Diretor Executivo da Magic Web Design, Antonio Borba, para administrar seu recente vídeo que, em apenas uma semana, contabilizou mais de dois milhões e meio de visualizações.

O presidente da Jukin Media, Lee Essner, em entrevista ao site socaltech, contou que a empresa se tornou líder de mercado por não contar apenas com o ContentID do YouTube. Seus sócios optaram pelo desenvolvimento de um sistema de compra de vídeos parecido com os bancos de imagens, o JukinVideo. Por meio dele, os produtores do conteúdo podem disponibilizar o material através de um cadastro, e as empresas interessadas naquele conteúdo podem realizar a compra on-line. Neste canal não há restrição, basta o usuário cadastrar seu material e assinar um contrato com a empresa, que cederá a administração dos direitos autorais e da monetização.

Além disso, a Jukin possui um verdadeiro exército de funcionários, que passa o dia em busca do que pode vir a ser o próximo viral, ou o vídeo que realmente fará sucesso. O diretor de comunicação da Jukin, Mike Skogmo, explicou ao Blog da Magic que toda a equipe da empresa é treinada para conseguir identificar que vídeo pode ou não se tornar viral. Conhecimento amplamente divulgado pelo CEO da companhia, Jonathan Skogmo, que atuava como produtor de vídeo clipes.

Mike também conta que, além de identificar um vídeo em potencial, a empresa usa diversas técnicas para encontrar o proprietário e adquirir a administração ou os direitos autorais da peça:

“Nossa equipe de pesquisa precisa ter habilidades de detetive. Às vezes eles têm que somar muitas peças de um quebra-cabeça para descobrir quem é o proprietário original e como encontrá-lo”.

Após localizar o autor, a empresa adquire o vídeo ou o ajuda, através de seus canais de mídia social, a tornar-se virais.

Além destes dois serviços, a empresa presta consultoria para canais da mídia tradicional, como a CNN, a ESPN e a BBC, regularizando o uso de imagens dos usuários do YouTube e oferecendo um trabalho de curadoria de conteúdo.

Leia também: Chromecast é a nova forma de assistir a vídeos da internet

——————————————————————————————-

A Magic Web Design desenvolve, desde 1996, soluções completas para empresas de todo o Brasil nas áreas de internet e multimídia, com web sites, gerenciamento de mídias sociais, sistemas on-line, lojas virtuais (e-commerce), apresentações multimídia e diversos outros serviços.
http://www.magicwebdesign.com.br/

Pin It

Comentários Facebook

Uma resposta para Ganhe dinheiro com os vídeos virais

  1. Pingback: Forgotify toca músicas “esquecidas” - Magic Blog - Magic Blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*