Blog Magic Web Design

Acesse o site

10 serviços que deixaram saudades

10 serviços que deixaram saudades

Alguns sites fazem parte do nosso cotidiano on-line. Para uns, não tem como deixar de conferir o Facebook todos os dias, enquanto outros ficam perdidos se o Google sai do ar por alguns minutos. Entretanto, alguns serviços que um dia foram considerados essenciais, deixaram para trás seus dias de glória e foram encerrados. Nos inspiramos na lista publicada no TecMundo, e separamos os 10 serviços que consideramos importantes, mas que deixaram ou irão deixar saudades!

1) Orkut

Orkut

No dia 30 de setembro, a rede social será oficialmente encerrada. Lançada em 2004, a plataforma disponibilizava aos seus usuários recursos como depoimentos, scraps e comunidades. A mídia foi extremamente popular entre os brasileiros e indianos na última década, mas desde 2011 vinha perdendo público para o concorrente Facebook.

Se você tinha uma conta e ainda não salvou seus dados, o Google oferece uma ferramenta para você guardar todas as lembranças do seu perfil.

2) Hotmail

Hotmail

A Microsoft também resolveu reorganizar seus serviços, e no ano passado anunciou a migração de todas as contas Hotmail para o Outlook. Para facilitar a transição, a empresa manteve o domínio @hotmail.com, mas todos os e-mails passaram a ser exibidos na nova plataforma.

De acordo com o Olhar Digital, a desenvolvedora anunciou na época que o serviço contava com 400 milhões de usuários, que se uniram aos mais de 60 milhões de usuários ativos do Outlook.

3) MSN

MSN

Assim como o Hotmail, o Windows Live Messenger também teve que dar espaço a um bate-papo mais moderno. Após a compra do Skype pela Microsoft, a empresa decidiu manter apenas uma das plataformas e fazer a migração dos seus usuários.

O MSN foi a ferramenta de bate-papo mais utilizada até meados de 2010, quando começou a perder espaço para os aplicativos de chat e outras redes sociais.

4) Megaupload

Megaupload

O site se popularizou como um serviço que permitia rápido armazenamento e compartilhamento de arquivos pela internet. Porém, o Megaupload protagonizou um escândalo internacional em 2012, quando as polícias dos Estados Unidos e da Nova Zelândia uniram forças para prender seu criador, Kim Dotcom, pois o serviço era um dos maiores redutos de pirataria virtual do mundo, segundo dados do TecMundo.

5) Winamp

Winamp

Depois de conquistar os corações dos adolescentes nas décadas de 90 e 2000, o programa de gerenciamento e reprodução de música caiu em desuso. Após 15 anos no mercado, o player foi desativado em dezembro de 2013.

De acordo com o Olhar Digital, o Winamp, desenvolvido pela Nullsoft, foi comprado pela AOL em 1999 por US$ 80 milhões. No ano passado, Rob Lord, um dos responsáveis pelo crescimento do software na década de 90, acusou a AOL de mau gerenciamento e afirmou que a ferramenta tinha tudo para estar na mesma posição que o iTunes.

6) AltaVista

AltaVista

Em meados de 1990, ele era o rei dos buscadores. Antes de existir os algoritmos do Google, o AltaVista já possuía um motor de busca internacionalmente famoso, com dois diferenciais em relação aos principais concorrentes da época: rastreadores de alta complexidade e sistema de busca rodando em serviços pesados.

O site foi comprado pelo Yahoo! e descontinuado pouco tempo depois. Hoje, se você tentar acessar o domínio, é redirecionado para o buscador atual da empresa.

7) Cadê?

Cadê?

Ainda no mundo dos buscadores da década de 90, o Brasil também possuía sua estrela, o Cadê?. O primeiro serviço brasileiro funcionava de um modo muito diferente do que vemos hoje. Na época, não havia indexação automática, tudo era manual, o que deixava o processo muito lento.

O site começou a perder força com a popularização do Google e desapareceu entre as grandes potências mundiais. O buscador fez parte do Yahoo!Brasil, e ao tentar acessar o endereço, o internauta é redirecionado para as ferramentas mais modernas da companhia.

8) GeoCities

GeoCities

O sistema de hospedagem permitia que qualquer pessoa criasse seu site de forma rápida e simples. Os conteúdos e os gráficos não eram nada parecidos com o que temos hoje, e os altos custos da ferramenta e a quantidade excessiva de limitações fez com que o serviço caísse em desuso, sendo interrompido oficialmente em 2009.

9) HPG

HPG

A sigla significava Home Page Grátis, e permitia criar sites muito bonitos (para a época) completando simples formulários. Bastava incluir as informações, escolher o layout e pronto! Apesar do nome, depois de alguns anos o serviço deixou de ser gratuito e começou a perder espaço para os blogs.

10) Angelfire

Angelfire

O serviço foi criado em 1996, como um sistema para a criação de sites e serviços de transcrição. O segundo nicho não trouxe muito retorno e foi encerrado em seguida, mantendo apenas o serviço de hospedagem.

Uma das principais vantagens, na época, é que a ferramenta permitia montar um site mesmo que o usuário tivesse pouco conhecimento em HTML. Apesar de continuar no ar, com planos pagos, possui pouca expressão no mercado.

Você já usou alguns destes serviços? De qual você sentirá mais saudades? Deixe sua opinião nos comentários.

Leia também: Para dar a volta por cima, Yahoo! encerra alguns serviços

——————————————————————————————-

A Magic Web Design desenvolve, desde 1996, soluções completas para empresas de todo o Brasil nas áreas de internet e multimídia, com web sites, gerenciamento de mídias sociais, sistemas on-line, lojas virtuais (e-commerce), apresentações multimídia e diversos outros serviços.
http://www.magicwebdesign.com.br/

Pin It

Comentários Facebook

Uma resposta para 10 serviços que deixaram saudades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*