Blog Magic Web Design

Acesse o site

Facebook vai liberar publicidade de aplicativos em mobiles

facebook-app-mobile

O Facebook deve liberar em breve as propagandas no feed de notícias dos dispositivos móveis para os desenvolvedores de aplicativos da rede.

Essa é uma das soluções encontradas pelo Facebook para gerar receita a partir dos acessos à rede pelos celulares e tablets, que já somavam 543 milhões de usuários ativos até o final de junho deste ano. Número que deve crescer cada vez mais com a popularização desses aparelhos.

Os anúncios deverão ser cobrados por clique e poderão ser direcionados para usuários que já baixaram outros aplicativos. Depois de clicados, eles redirecionam para a loja de aplicativos da Apple, a App Store, ou para o Google Play, para os usuários do Android.

A empresa já vem testando novos formatos de anúncios para celulares e tablets há alguns meses, como indicações de páginas e histórias patrocinadas. Este último formato, que foi introduzido no começo do ano, chega a trazer 500 mil dólares de lucro por dia.

Apesar de o Facebook permitir que os usuários façam o download dos aplicativos e joguem nos dispositivos móveis, nos últimos 30 dias foram mais de 146 milhões de cliques para as lojas de aplicativos da Apple e do Google através do feed de notícias, calendários, favoritos e do App Center.

Vale lembrar que o Facebook está tentando achar saídas para lucrar mais, já que a estreia na Nasdaq não fez o sucesso que esperava e está com quase a metade do preço inicial.

Veja também: Facebook anuncia loja própria de aplicativos

Pin It

Comentários Facebook

4 Respostas para Facebook vai liberar publicidade de aplicativos em mobiles

  1. Pingback: Conheça as 5 startups que impressionaram durante o SXSW 2014 | Magic Blog

  2. Pingback: Investimento publicitário na Internet ultrapassa verba da TV aberta | Magic Blog

  3. Pingback: Microsoft irá apresentar o novo Windows no final do mês - Magic Blog

  4. Pingback: Como criar um novo padrão de consumo na internet? - Magic Blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*