Blog Magic Web Design

Acesse o site

Borba é destaque em reportagem sobre redes sociais de geolocalização

Antonio Borba em entrevista à Revista MêsNa edição de março de 2011, a Revista Mês – um periódico mensal de atualidades para o ABCD Paulista, trouxe uma reportagem sobre as redes sociais de geolocalização. A matéria tem como destaque Antonio Borba, Diretor Executivo da Magic Web Design, que falou sobre o desempenho dessas redes aqui no Brasil.

A reportagem mostra que em 2010 o Foursquare teve um crescimento de 3.400%, passando dos 6 milhões de usuários no mundo. Mesmo com esse crescimento, as redes de geolocalização parecem ainda não ter chegado ao Brasil. Para explicar uma possível hipótese para a pouca aceitação dessas redes pelos brasileiros, Borba explica: “O ideal é que as redes sociais integrem novas funções e não que a gente crie perfis em várias redes. Mal temos tempo de atualizar um único perfil”, diz.

Além do Fousquare existem outras redes sociais de geolocalização, como o Gowalla, Socialight, WeePlaces, entre outras. Para quem não conhece, o objetivo dessas redes é que as pessoas compartilhem com os seus amigos o lugar em que estão no momento, se informem sobre eventos que acontecem na cidade e localizem estabelecimentos que estão com promoções.

As redes sociais de geolocalização funcionam pelo sistema de GPS e podem ser utilizadas no computador ou por meio do telefone celular. O processo de atualização é rápido e prático. Basta selecionar o local no mapa em que se deseja fazer o check-in que todos os seus amigos da rede ficarão sabendo onde você está.

.

Confira a reportagem completa da Revista Mês:

.

 

Revista Mês - Reportagem sobre redes sociais de geolocalização

.

Revista Mês - Reportagem sobre redes sociais de geolocalização

Pin It

Comentários Facebook

3 Respostas para Borba é destaque em reportagem sobre redes sociais de geolocalização

  1. Pingback: Borba é destaque em reportagem sobre redes sociais de … | ZiiPe

  2. Pingback: Será o fim do Feature Phone? | Magic Blog

  3. Pingback: Por que a rede social Friendster morreu? - Magic Blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*